Em 2011 Eduardo Costa se envolveu em um acedente aéreo com o mesmo modelo de avião que causou a tragédia em Santos.

algemas

No dia 6 de outubro de 2011 o cantor Eduardo Costa  levou um susto quando teve que fazer uma aterrisagem forçada em Manhaçu, interior de Minas Gerais. Na ocasião a assessoria do cantor informou que no momento do pouso, a aeronave perdeu os freios. Para evitar uma tragédia, o piloto desviou a aeronave para uma lavoura e conseguiu pará-la. Com o impacto, Eduardo Costa, que estava sem cinto de segurança, bateu a cabeça e o braço. “Ele teve um ferimento no nariz e está suspeitando que quebrou a mão”, afirma a produtora do cantor, Fernanda Faria.

O cantor estava em um jato Cessna Citation 560 é considerado um dos aviões mais seguros de sua categoria e um dos mais populares entre executivos e empresários que usam o serviço de transporte aéreo privado, o mesmo jato que transportava o candidato à presidência Eduardo Campos e que caiu em Santos, no litoral de São Paulo, era da série 560 XLS +, uma versão atualizada do modelo e com capacidade para transportar até nove passageiros, mas a configuração mais usual para o modelo é de seis a oito lugares, privilegiando o conforto no transporte corporativo.

 

Se você gostou , compartilhe com os amigos:

Você também pode gostar das seguintes notícias:

Miralda Mendes liked this post