Guilherme & Santiago anunciaram, por meio de nota, o fim de sua parceria com a HRP Promoções, do conhecido empresário artístico Hamilton Policastro.

O assunto, apesar de comum, na vida de qualquer pessoa ou empresa (parcerias e casamentos se desfazem todos os dias), torna-se destaque por dois motivos, bastante claros.

Primeiro, o teor da carta de despedida revela um final não tão amigável. A carta alerta que qualquer contratação de show, a partir da data de assinatura da mesma, não terá validade legal, deixando claro que Hamilton não responde mais pela dupla (trecho em destaque, grifado no comunicado). Em nenhum momento são mencionados os “felizes” anos de parceria (quase uma década).

Outro fato que chama atenção, além do tom do comunicado  assinado pela dupla, é que fato semelhante aconteceu há poucos meses atrás, quando Daniel (primeiro contratado de Hamilton) também tomou atitude bastante parecida, de forma praticamente unilateral.

A HRP, procurada pela reportagem, colocou que divulgará nota oficial sobre o ocorrido, e que Hamilton Policastro encontrava-se em reunião externa, com contratantes. Segundo a empresa, a nota deverá ser divulgada nas próximas horas.

Rompimento ou final de contrato, qualquer que seja o motivo, o que causa estranheza é a forma como o assunto foi tratado pelas partes envolvidas, gerando o questionamento do motivo pelo qual a dupla teria emitido esse tipo de nota para a imprensa.

Vale lembrar, que após a saída de Daniel do casting da HRP, Guilherme & Santiago tornaram-se o principal produto do escritório, tendo em 2010 um dos melhores anos de sua carreira.

Exatamente por esse motivo, uma simples separação pode tornar-se um assunto tão sério e comentado. Não fosse o nome da HRP, o sucesso de Guilherme & Santiago e a  ferida _ ainda recente  _ com Daniel, qualquer um perguntaria (numa infeliz coincidência com uma das músicas de maior sucesso da dupla): “E Daí?”.

Abaixo, cópia do comunicado da dupla:

Indique aos seus amigos clicando nos ícones:

Veja tambem: